terça-feira, 24 de abril de 2012

Deixa só eu dizer uma coisa...




Era uma tarde de calor infernal em março. Ou talvez fosse fevereiro, abril, tanto faz. Fazia um calor infernal. Ou talvez não. Aquela escola sempre será infernal, o calor na sala de aula infernal, cheia de gente infernal. Inferno! Mas dentro disso eu encontrei um anjo. Coisa piegas. Mas é assim que é: eu encontrei uma anjinha grande demais, loira demais, desastrada demais.

- De quem você gosta?
- Não vou falar.
- Ah fala, vai! De quem você gosta?
- Tem L
- Lucas!
- Tem C.
- É o Lucas!
- Tem A
- Ahhh é Lucas!
- Não, não é! Tem S.
- Então, é o Lucas, só pode!

Mas era o Carlos. Eu havia decidido uma semana atrás que gostava do Carlos, o menino magrelinha e cabeludinho, que mais tarde se mostraria um garanhão de primeira, e agora nós tínhamos algo em comum. A única coisa em comum. Até que a “melhor amiga” se transformou em nosso termo em comum, também. E o que mais a gente precisa ter em comum com alguém a não ser o amor? Que seja amor, então.

Que seja amor quando você decidiu que tudo bem eu ser uma roqueirinha-rebelde-sem-causa-quero-casar-com-o-Sid-Vicious, que seja amor quando você me aceitou como pseudo-porra-louca, que seja amor quando eu fui nomeada a Vela Oficial. Que seja amor.
 
 E foi. E é. Em cada ligação com soluços, a voz tremula, a felicidade e a tristeza. O pé na bunda, a briga com o namorado, o cara lindo que eu to afim, a menina vadia que te irrita, a cachorra doente, a cachorra em cima da mesa do computador, eu te protegendo com água na chapinha, você me protegendo com a sua umbanda feeling. O “Te amo” escrito no espelho com batom. O carro atolado, Jorge & Mateus. O pé doendo e as pernas com frio. É amor. Amor na febre, no vomito, na cirurgia, na gripe, na conjutivite, é amor. E tem que ter muito amor para dizer “Vai ficar tudo bem” às duas da manhã ou ter a audácia de falar “Não gostei do que você fez”. As brigas, afinal. A TPM. Os e-mails. Não sei porque eu ainda acho que você é minha amiga. Nem eu. Então ta. Ta. Desculpa? Desculpa? TPM. TPM. Te amo. É. Eu te amo também. Que seja amor nas nossas maiores DR’s (e melhores do que a de muitos casais).


Há quem diga que nada é para sempre. Mas nossa amizade, coitada, é cega para o mundo. Cega e burra feito uma porta. Tão burrinha, a pobrecita, que não sabia que o para sempre sempre acaba.  Foi lá e tornou-se eterna. Ai ai. Mas que trabalhão, ein? Onde é que a gente vai enfiar tanto amor, querer bem e TPM? Dez anos já deu para acumular tralha demais! Mas há sempre espaço. Porque há sempre amor.

Hoje é seu aniversário. Mas é meu aniversário também. Eu seria outra pessoa se você não tivesse nascido. Ah sim! Acredito feito uma boba que você seria minha amiga ainda que tivesse nascido na Guiana Francesa. No dia que você veio ao mundo, eu vim ao mundo. A Camila Camila nasceu porque você nasceu. Porque você existiu. Portanto, é meu aniversário também! Mas o dia é só seu. A noite é só sua. Cada hora e cada minuto de cada vinte e quatro de abril, é seu. Tudo seu. Porque você merece um dia todo, além de todo o resto e todas as coisas bonitas que eu te desejo todos os dias, ainda que em silêncio.

Obrigada. Obrigada por ser minha amiga e me deixar ser sua melhor amiga. Obrigada por me ligar chorando e por eu ser a primeira pessoa a saber da sua felicidade. Obrigada por ser você. Parabéns por ser você, e ser cada dia mais você. Parabéns pelos vinte anos, e parabéns pelos próximos vinte, que tenho certeza absolutíssima que serão melhores que os que passaram.

Feliz aniversário, Melhor Amiga da Terra das Melhores Amigas.

Eu te amo s2






 
* P.S.: pensou que não tinha homenagenzinha no blog, né?

4 comentários:

  1. Mano! Eu to chorando. Eu to chorando muito. Você nunca mais faça isso comigo,é sério. Eu te amo muito. Obrigada por aguentar todas essas minhas manias de meu aniversario é isso,meu aniversario é aquilo. Se um dia, nada der certo, não tem problema. Eu ainda terei você comigo e isso faz as coisas darem certo. Eu te amo muito minha melhor amiga pra sempre.Minha mãe, minha irmã, minha filha e madrinha do meu casamento e madrinha dos meus filhos e meu porto seguro com a mente mais bagunçada que eu ja vi. Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Own q lindo....não existe amor mais verdadeiro do que o de uma amizade verdadeira...parabéns pela amizade devcs e parabéns Nicole...felicidades

    ResponderExcluir
  3. Geeeeeeeeente! Como não ficar emocionada com isso? Ah meu ... :'(

    ResponderExcluir