quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Love is a laserquest

Quarta-feira ensolarada e TPM bravissíma. Quase 3 dias sem Lexapro e não deu pra mim. Comecei a sentir qualquer coisa à flor da pele e foi tão gostoso! Tão bom assistir Love is a laserquest e ficar simplesmente hipnotizada pela boca do Alex Turner, e sentir aquele arrepiozinho em algum lugar entre o coração e estômago só de pensar em passar dias torrando embaixo do sol. Tão bom sentir essas coisas de novo. Mas não deu. Não deu. Minha cabeça começou a girar e eu pensei que se eu não tomasse cuidado eu poderia desmaiar ou qualquer coisa assim, e, sinceramente, não to para dramalhão mexicano esses dias. Estou a 3 segundos de me sentir extremamente irritada ou começar a chorar por que a voz do Alex é tão linda que é isso que dá vontade de fazer.
Hormônios. Tsc tsc.
Você sabe e eu sei que você não é apenas some lover. Ou talvez ninguém saiba e isso é só mais invenção dessa minha cabecinha incansavelmente fantasiosa, acreditando piamente que eu sou a reencarnação da Ofélia. Tão complicada, Camila. Quem vai entender esse seu jeito de pensar? Ninguém. Porque eu não penso. Eu sinto. E eu sinto tanto o tempo todo que às vezes nem eu sei se eu to morrendo de felicidade ou to só irritada demais com o mundo inteiro. "Nem se você me pagasse mil reais eu te ouviria uma hora inteira por semana! Deus me livre!". É, mãe. É.

Cante para mim o dia todo, Alex Turner!

"I've tried to ask you this, in some daydreams that i've had
But you're always busy, being make believe
And do you look into the mirror, to remind yourself, you're there?
Or has somebodies goodnight kisses got that covered?

When i'm not being honest, i'll pretend that you were just some lover
Now i can't think of there, without thinking of you
I doubt that comes as a surprise
And i can't think of anything to dream about
I can't find anywhere to hide
And when i'm hanging on, by the rings around my eyes
And i convince myself i need another
For a minute it gets easier to pretend that you were just some lover."



Nenhum comentário:

Postar um comentário